Semed realiza V Seminário de experiências pedagógicas

Semed realiza V Seminário
de experiências pedagógicas

A Prefeitura Municipal de Amaturá por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) deu início na noite desta quinta-feira (28/11) do V Seminário de Socialização das Experiências Pedagógicas entre Educadores da Rede Municipal de Ensino. O seminário acontece no Ginásio Poliesportivo Tereza Cruz, tem por objetivo apresentar práticas pedagógicas implementadas pelos professores municipais como troca de experiências. Além de palestras, professores de várias escolas montaram stands com resultados dos trabalhos realizados com os alunos do ensino fundamental. O evento contou com a participação da professora/doutora da Universidade Federal do Amazonas, Ordelene Bráulio da Silva. O seminário encerra na tarde desta sexta-feira.
Segundo a secretária municipal de Educação Helen Chrysler, o seminário já na quinta edição, já constante no calendário da Secretaria. “A cada estamos colhendo frutos positivos e todos esses resultados precisam ser socializados, mostrados para que essa troca de experiências nos fortaleça lá na ponta”.
Além das experiências pedagógicas dentro de sala de aula, lembrou que a Semed de Amaturá figura entre as 30 melhores práticas em todo o Brasil, com o trabalho de busca ativa reconhecido pelo Conviva. “Do ano de 2017 para 2018 um aumento de 12% de alunos na nossa rede. Amaturá foi reconhecida como uma das 30 ações que foram desenvolvidas Esse mérito é nosso”, afirmou a secretária atribuindo o resultado ao trabalho desenvolvido pelo corpo técnico da secretaria e professores.
Antes da palestra da professora Ordelene, alunos da educação infantil da Escola Municipal Silvio Pinto Ribeiro fizeram uma apresentação de Bumba-meu-boi, um dos projetos extra-classe desenvolvido pelos professores.
Palestrante da noite de abertura, a professora Ordelene com base em uma palestra do professor, filósofo e escritor Mário Sérgio Cortella, em relação a motivação dos professores em um evento no rio de Janeiro.
“O professor interfere na vida das crianças, na vida dos seus alunos. Os pais, na vida dos seus filhos. Nós somos educadores profissionais. Os pais e as mãos não foram formados para serem educadores, mas nós somos”, observou no início da palestra que teve aspectos reflexivos sobre o papel, o comprometimento dos professores para com a educação.



Fonte: Assessoria de Comunicação

Galeria de Fotos