Prefeitura leva água tratada para mais três comunidades

Os moradores das Comunidades Indígenas de Maraitá I, II e Palmeiras do Norte serão as próximas comunidades beneficiadas com água potável para o seu consumo diário. Nesta sexta-feira, a Prefeitura Municipal de Amaturá por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras concluiu mais uma etapa da implantação do Sistema Salta Z, adquirido em convênio com a Fundação Nacional de Saúde, Funasa.
“Estamos cumprindo com a meta da Funasa. Primeiro instalamos na comunidade de Tambaqui e agora estamos instalando nessas três comunidades que mais precisavam de água potável”, assinalou o prefeito Joaquim Corado.
O secretário municipal de Infraestrutura, Janderson Alves, liderou pessoalmente a instalação e em princípio o teste das bombas de captação de água de 1 CV nas três comunidades.
Segundo Janderson Alves, os testes nas comunidades de Maraitá I e Palmeiras do Norte foram adiados. Isto se deve ao fato de os geradores de energia de Maraitá I e de Palmeiras do Norte necessitarem de adequações para o pleno funcionamento do sistema.
A implantação das bombas e da tubulação de captação da água, contou com a participação dos servidores da Secretaria de Infraestrutura e Obras e do Serviço Autônomo de Água (SAAE) de Amaturá.
O Salta Z é um sistema de tratamento e purificação de água desenvolvido pela Funasa. Ele conta com uma bomba de captação, reservatório de cinco mil litros, filtros e dosadores para produtos químicos para a purificação da água. (Fotos: Christian Nogueira)

 

Fonte: Assessoria de Comunicação