Estudantes recebem apoio da Prefeitura para prova do PSC

Cerca de 100 estudantes do ensino médio embarcaram na noite desta quarta-feira para Benjamin Constant onde prestarão no domingo provas para o Processo Seletivo Contínuo (PSC) no Instituto Natureza e Cultura da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Por determinação do prefeito Joaquim Corado e o empenho da secretária municipal de Educação, Helen Chrysler, os estudantes receberam apoio para o transporte. O PSC é uma avaliação seriada e contínua nas três séries do ensino médio, no qual os candidatos selecionados ingressam automaticamente na Universidade.

A despesa da passagem de ida e volta a Benjamin Constant foi assumida pelo prefeito Joaquim Corado. É uma forma de ajudar estudantes de famílias de baixa renda ou com dificuldades financeiras em ingressarem no curso superior. Sem esse apoio, muitos estudantes não teriam como fazer a prova. As embarcações que servem na região estão cobrando R$ 200,00 (ida e volta).
Antes da viagem a secretária Helen Chrysler reuniu na tarde desta quarta-feira com os estudantes e seus responsáveis no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). Participaram do encontro o chefe de Gabinete e secretário interino de Administração, Gilson Alves e o secretário da Juventude, Raimundo Rubens.
Na abertura da reunião, Rubens destacou o fato de a Prefeitura ser responsável pela educação fundamental, enquanto que o ensino médio e universitário é de responsabilidades do Estado e da União (Governo Federal). Ele destacou o compromisso do prefeito Joaquim Corado para com a Educação.
Gilson Alves por sua vez iniciou a fala assinalando as dificuldades financeiras da Prefeitura diante da queda de repasses citando alguns exemplos. Lembrou que neste período a Prefeitura tem a responsabilidade de pagar salários e o 13º. dos servidores, tendo que cortar gastos para poder apoiar a viagem dos estudantes. “Fazer Educação é ter compromisso com a sociedade”, afirmou Alves em nome do Prefeito de Amaturá.
A secretária Helen Chrysler destacou o esforço e empenho de conseguir transporte para os estudantes.
“Foi todo um processo de planejamento para proporcionar a esses alunos a ida para fazerem a avaliação do PSC da UFAM e durante toda a semana fizemos levantamento dando prioridade para aqueles alunos que não teriam condições para se deslocarem para outro município Benjamin Constant que é o local da prova”, afirmou a secretária.
O embarque foi à noite, com previsão inicial de 22 horas. Mas desde 18 horas alunos acompanhado dos pais já estavam na orla junto ao porto para embarcarem não só na embarcação, mas no sonho de chegar a Universidade.
Dos 125 alunos contemplados com passagem, a secretária estima que 70% sejam de famílias de baixo poder aquisitivo, residentes na área urbana, rural e área indígena.
Com um filho inscrito na avaliação do PSC, Jucinete Morteira Almeida Filho acompanhou o embarque dos estudantes e fez uma avaliação da iniciativa da Prefeitura. “Achei legal porque o Prefeito deu oportunidades pra todos”, assinalou. (Fotos: Eduardo Gomes)

Galeria de Fotos