Duas cidades do Alto Solimões alcançam meta de vacinação contra poliomelite

Em Amaturá (AM) mais de 2 mil crianças receberam a dose, alcançando mais de 97% da meta que era 95%

A campanha de vacinação contra a poliomelite, conhecida como paralisia infantil, encerrou-se em alguns municípios brasileiros no dia 31 de agosto, em outros como Amaturá e São Paulo de Olivença, no Amazonas, terminou ontem dia 9 de setembro. Estas duas cidades alcançaram a meta de vacinação contra a doença, segundo dados do Polo Nacional de Imunização (PIN) do Ministério saúde.
 
Foram imunizadas crianças com idade entre 6 meses e 5 anos incompletos. No município de Amaturá, por exemplo, receberam a dose mais de 2 mil crianças, alcançando mais de 97% da meta que era 95%.
 
O secretário municipal de saúde, Felipe Araújo, destacou que o resultado só foi obtido por causa da forma como foi realizada a campanha em todo o município:

“O município de Amaturá alcançou mais de 97% da meta de imunização referente a poliomelite, foi traçado uma estratégia que abrangia tanto a zona urbana e a zona rural, e em parceria com a saúde indígena e a equipe da atenção básica de saúde do município conseguimos atingir perto do 100% a meta do poliomelite.

 
O clima da região, o acesso a comunidades indígenas e não indígenas foram algumas dificuldades citadas pelo secretário.

“É claro que as vezes as dificuldades da região como o clima, a questão da sazonalidade, da questão da seca dos rios, dificultam o acesso em alguns locais e isso faz com alguns municípios diminuam a meta e o período não sejam suficiente, mas eu creio muitos municípios estão alçando a meta porque os secretários, as equipes estão empenhados em executar esse trabalho que sabem que esse trabalho é prioritário dentro da região.

Para ver a fonte da notícia, clique aqui
 



Fonte: EBC Rádios