Diversidade de Amaturá foi tema do desfile cívico dos alunos municipais

A área da Praça São Cristóvão incluindo a Avenida Solimões foi o grande palco do desfile cívico em comemoração na tarde/noite desta quarta-feira dp dia 5 de setembro alusivo ao dia em que o Amazonas foi elevado à categoria de Província do Grão Pará. Cerca de 850 alunos das três escolas municipais da sede, pais de alunos, professores, gestores e servidores desfilaram pela área a central da cidade, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Educação, gestores e professores das escolas municipais da área urbana.

A concentração começou pouco depois das 16 horas na Praça São Cristóvão ao som da banda marcial Os Guerreiros na organização dos pelotões. O desfile foi aberto após as falas da secretária Municipal de Educação, Helen Aquino e do prefeito Joaquim Corado depois da execução dos hinos Nacional e do Estado do Amazonas, esta última com letra do poeta acreano e amazonense por adoção, Jorge Tufic falecido em fevereiro deste ano. Ambos destacaram a participação dos alunos e professores na realização do evento e a importância da escola na formação das crianças e adolescentes.

O desfile percorreu as ruas Frei Pio, Frei Reinaldo e Avenida Solimões encerrando na Praça São Cristóvão. 
Para este ano, a Secretaria Municipal de Educação escolheu como tema para o desfile “Amaturá: suas diversidades e riquezas amazônicas” e como subtema “Sou rio, sou terra... Sou Amaturá”, desenvolvida ao longo dos pelotões das escolas Silvio Pinto, Eudócia Andrade e Vitória Simão, com direito a apresentação de pequenas alegorias retratando os temas. 

Muitos pais não mediram esforços em caprichar nos trajes dos seus filhos, sobretudo os alunos do jardim de infância da Escola Municipal Silvio Pinto. 

Outro destaque foi a participação na marcha do desfile de um grupo de pais de alunos da Escola Municipal Eudócia Andrade, ao participarem do pelotão “Família na Escola” no qual os pais das crianças são incentivados a participarem da vida escolar de seus filhos.

O desfile terminou pouco depois das 18 horas já à noite e foi assistido por dezenas de pessoas, em sua maioria pais e familiares dos estudantes que se postaram ao longo da Avenida Solimões para assistir a passagem das escolas. (Fotos: Eduardo Gomes)



Fonte: Assessoria de Comunicação