Assinado convênio para retorno do Projeto Pirayawara em Amaturá

O prefeito de Amaturá, Joaquim Corado (PMDB) se reuniu com o secretário de Estado da Educação (Seduc) Arone Bentes ocasião em que assinou o convênio entre a Prefeitura de Amaturá e o Governo do Estado visando a reimplantação do curso de formação de professores bilingues, o projeto Pirayawara a ser implantado na Comunidade Indígena de Nova Itália.
O custo do projeto é de pouco mais de R$ 700 mil dos quais 90 por cento é custeado pelo Governo do Estado e dez por cento de contrapartida da Prefeitura Municipal. 
O projeto tem por objetivo capacitar professores que falem a língua Tikuna para melhor desempenho pedagógico nas escolas indígenas melhorando o nível de aprendizado dos estudantes da etnia Tikuna.
“O projeto Pirayawara é de suma importância, pois capacita os professores tikuna a proporcionarem as mesmas condições do aprendizado dos alunos não indígenas. Com isso pretendemos acabar com o baixo rendimento dos alunos pela dificuldade de entender o português, principalmente nas matérias técnicas, como física, química, matemática, português dentre outras disciplinas”, afirmou Joaquim Corado.

Fonte: Assessoria de Comunicação/Eduardo Gomes